no one belongs here more than you

by pdrpinho

– Não, eu não tenho que fazer isso hoje. Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida.
– Ah, eu tive um desses semana passada
– É mesmo? Como é que foi?
– Eu acordei e pensei, este é o primeiro dia do resto da minha vida.
– E aí o que aconteceu?
– Dirigi até o trabalho.
– Ah.
– Poisé.
(…)

Acordei às sete da manhã e disse para mim mesma: Este é o segundo dia do resto da minha vida. Não é uma coisa em particular, é só a sensação de estar à deriva. Como se o barco tivesse sido desatracado dois dias atrás e eu agora estivesse numa viagem.  Estou tentando perceber tudo, como faria um turista, mesmo que tudo seja familiar. Já fiz isso antes. (…)
No oitavo dia do resto da minha vida, comecei a pensar se aquilo era realmente o resto da minha vida ou só a continuação da mesma vida. Eu tinha tão pouco pela frente…
É isso, pensei, estou sozinha agora. Olhei pra trás pra ter certeza. Tive.

Mon Plaisir – Miranda July