segunda feira

by pdrpinho

Procuro aulas de interpretação,
De olhares, bocas, e corpos,
De lábios, falas e olhos:
Procuro aulas d’expressão.

Procuro alguém que me fale,
O que diz um olhar mais fechado,
Um olhar mais aberto; uma piscadela,
Uma lágrima que cái vazia, de lado.

Não sei se me flertam, se me simpatizam,
Ou se me odeiam, que coisa horrível.
Não sei se se apaixonam, ou só brincam.
Preciso de aulas, o mais rápido possível.

Mas se nessas aulas eu tudo aprender,
Desde olhares à vontade e o querer,
A graça, então, se perde ao tocar.
E a expressão perde todo o sentido.
Pra que foi feito um olhar,
Senão pra ser incompreendido ?
(ou subentendido)

-poesia que eu fiz junto com a paola na oitava série. we were amazing